ChatGPT-4o: OpenAI Redefine a Comunicação com Inteligência Artificial

Publicado por: Feed News
16/05/2024 10:49 PM
Exibições: 61
Cortesia Editorial Freepik
Cortesia Editorial Freepik

Novo Modelo Reduz Atraso em Respostas para 320 Milissegundos

Modelo Avançado Será Gratuito para Todos os Usuários

 

A OpenAI apresentou o ChatGPT-4o, um novo modelo de linguagem revolucionário capaz de realizar diálogos de voz de forma extremamente natural. Anunciado recentemente no blog da empresa, o ChatGPT-4o traz melhorias significativas na interação com áudio, imagem e textos em tempo real.

 

Antes do lançamento do GPT-4o, as interações de voz com ChatGPT tinham um atraso médio de 2,8 segundos no GPT-3.5 e 5,4 segundos no GPT-4. Com o novo modelo, esse atraso foi reduzido para impressionantes 320 milissegundos, aproximando-se da velocidade de reação de uma pessoa viva.

 

A OpenAI acredita que o ChatGPT-4o representa um passo crucial para tornar a interação entre usuários e computadores mais natural e fluida. Além de melhorar a qualidade das conversas de voz, o GPT-4o também se destaca como um tradutor de voz eficiente, facilitando a comunicação entre interlocutores que falam diferentes idiomas.

 

Segundo a empresa, o modo de voz do ChatGPT-4o opera através da integração de três modelos distintos: um para transcrever áudio em texto, o GPT-3.5 ou GPT-4 para processar o texto e gerar uma resposta, e um terceiro modelo para converter o texto gerado de volta em áudio. Esta sinergia permite ao GPT-4o uma compreensão aprimorada de imagens e áudio, superando os modelos de linguagem anteriores.

 

A nova tecnologia será implementada gradualmente ao longo das próximas semanas, com a OpenAI também apresentando um novo aplicativo para PC que incorpora essas inovações. Diferente do GPT-4 Turbo, o ChatGPT-4o será gratuito para todos os usuários, embora os assinantes pagos tenham acesso a recursos adicionais.

 

Com o ChatGPT-4o, a OpenAI não apenas avança na tecnologia de IA, mas também democratiza o acesso a ferramentas poderosas, promovendo uma comunicação mais eficiente e natural entre humanos e máquinas.